quarta-feira, 11 de julho de 2012

MENTAL LEAP

No último post eu falei sobre como a Katarina ficou louca difícil durante algumas semanas. Ontem ela deu uma boa melhorada, comeu melhor e quase não chorou. Hoje dormiu bem de manhã, comeu bem e minhocou! Ela já vinha rolando e girando há um tempinho, mas hoje ela colocou as perninhas pra funcionar. Na verdade a perninha, tadinha, é como ver o Bambi aprendendo a andar, mas foi uma gracinha!

video
Reparem no sorriso da garota quando percebe que está sendo filmada


Sobre a loucura fase da Katarina: Aparentemente foi um daqueles saltos do desenvolvimento (mental leaps). São fases previsíveis que os bebês passam, onde eles ficam chatos, chorões e depois aprendem uma coisa nova. De acordo com meu calendário, ela passou pela fase de relacionamentos, na qual ela começa a notar que existe uma distância entre nós duas e isso faz com que ela fique insegura. Junta isso com a introdução de sólidos e voilà: katarina molotov.

Durante todas as fases que a Katarina já passou, essa foi de longe a mais complicada e longa. Das outras vezes ela ficou um pouco chateada, mas nunca durou mais de 3 ou 4 dias. Essa fase durou 4 semanas! Sim, relacionamentos são mesmo um porre!

Tem um livro que eu já comentei aqui no blog, The Wonder Weeks, e é tão bom que vou falar dele de novo. Um textinho sobre cada fase, com sintomas e o que os pais podem fazer para ajudar e muitos comentários de diversas mães falando sobre como os filhos agiram durante as fases. Para mim o livro tem mais crédito por esses comentários do que pelos textos. Claro que os textos ajudam, mas ter mães de verdade compartilhando suas experiências é muito mais válido para mim, por isso adoro tanto os blogs maternos. Ah, esse livro também tem aplicativo para iphone, que é super legal e baratinho!

Além desse livro, que me ajuda no psicológico (porque me sinto unida com um monte de outras mães na mesma situação), outra coisa que sempre ajuda quando a Katarina está chateada é o uso do sling. Me ajudou muito nessas últimas 4 semanas, para eu poder fazer coisas, como cozinhar, usar o banheiro (eca!), passar aspirador na casa, lavar a louça, ler e dançar um pouco com ela. Me tira do sério quando tenho que fazer alguma coisa e ela fica choramingando, assim, com o sling, ela fica calma e eu posso fazer algumas coisas.

Logo farei um post falando mais do sling e outra coisinhas que acho legais de comprar (para vocês Ivy e Tiê).





7 comentários:

  1. ela minhocando é a coisa mais linda do mundo todo..

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu quero carregar no sling o tempo todo!!! Não quero que desgrude de mim...

    ResponderExcluir
  3. O sorriso dela quando nota que está sendo filmada é muito fofo!!

    ResponderExcluir
  4. Katrina Molotov foi OTEMO!

    Aqui o meu filhote tá com quase dois anos, estamos entrando nos tais "terrible twos" e tem dia (como hoje!) que nem eu sei como eu aguento ahahhaa, quer dizer, eu não aguento, eu fico só o pó da rabiola, como diria a senhora minha mãe!

    Essas belezuras ai acabam com a gente e pior, a gente ainda os ama loucamente, mães (e pais) são seres esquisitos mesmo!

    Beijocas

    PS: Com 3 meses e meio soltei meu pequeno no chão e dali ele não queria sair mais, eu até tinha pensado em comprar um sling e tals, acho bacana, testei o de uma amiga e o menino odiou!

    ResponderExcluir
  5. ai que bom que essa coisa fofa ta melhoor^^
    vou procurar o livro :) obrigada pela dica!
    beijao para as duas mocinhas <3

    ResponderExcluir
  6. ai que saudade de carregar no pano... acho que com uns 7 meses eu parei, pois nao tava mais aguentando o peso e as dores nas costas. há pouco comecei a carregar no Carrier nas costas. achei tao pratico q até emprestei meu pano pra outra grávida. mas já me arrependi! eheheh
    beijos e sua kata é muito fofa! nao tem coisa mais fofa que eles minhocando!

    ResponderExcluir